segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Casa de Anne Frank

Local: Anne Frank House, Amsterdam
Fui em: janeiro/2018
Entrada: 10 euros
Site: https://www.annefrank.org/en/museum/
Foto do site
       Quem leu o livro "O diário de Anne Frank" já sabe do que, apesar do nome, não era nesse local que Anne morava. Esse era o prédio onde ficava o anexo onde ela, sua família e alguns conhecidos se esconderam durante a Segunda Guerra Mundial e onde ela escreveu seu diário.

       No dia 1º de agosto de 1944 Anne fez suas ultimas anotações no diário. Dias após, as pessoas do anexo foram traídas, denunciadas e levadas para um campo de concentração, onde Anne, sua irmã Margot e sua mãe morreram. Apenas o pai dela, Otto Frank, sobreviveu e decidiu publicar o diário de Anne, tornando-a uma famosa escritora, bem mais famosa do que ela talvez sonhasse que seria.

       O diário original e os cadernos de Anne estão expostos nesse museu. Durante a visitação temos acesso aos cômodos do anexo e é incrível poder visualizar o que eu já imaginamos lendo o livro. Cada detalhe, cada sentimento que aquele lugar nos inspira. Vale a pena pra qualquer pessoa, mas pra quem ama o  livro, é incrível.

       É importante lembrar que eu não tinha planejado muito minha estadia em Amsterdam, logo, não tinha comprado ingresso para a Casa da Anne. No primeiro dia pela cidade passei perto do museu e descobri que não vendia ingresso "na porta" ou bilheteria, só online, mas sabia que era super concorrido e meio que perdi as esperanças. Assim que cheguei no Airbnb onde estava hospedada, entrei no site e, advinhem: tinha 1 (UM, apenas UM) ingresso disponível para o dia seguinte. Comprei e consegui fazer essa visita. <3 Foi um presente conseguir visitar esse lugar!




Nenhum comentário:

Postar um comentário