sexta-feira, 16 de outubro de 2015

O que Eu Vi de Diferente no México

     Pra terminar os posts da viagem ao México {que eu sei que pareciam não ter fim!} vou contar algumas das coisas que mais me chamaram a atenção durante minha visita ao país da Maria do Bairro {Novela essa que será reprisada no SBT a partir da próxima segunda, 19}. Vamos lá?

1- Comida apimentada
    Como falei nesse post, a pimenta reina absoluta pelo México.

2 - Descarga dos Banheiros Públicos
    Logo no aeroporto já procurei um banheiro e fiquei como uma louca procurando o botão de acionamento da descarga. Como assim, cadê???
   Gente, é super legal. Lá a alavanca de acionamento da descarga fica ao lado do vaso e acionada com o pé. Isso mesmo, com o pé. É diferente, mas é incrível! Queria que fosse assim no Brasil também...

3- Policiamento
     Eu utilizei muito o metrô e sempre via policiais em todas as estações. Em uma das vez esse policiamento estava mais ostensivo e cheguei até a ter minha mochila revistada por uma policial em uma catraca. Em outro momento, vi alguns policiais contento um homem sei lá por qual motivo, enfim. Achei que, apesar de parecer um lugar perigoso, eu estava em um local seguro e a polícia de lá conseguiu me passar essa sensação de segurança, não só nas estações de metrô, como em todos os locais públicos.

4- Preço dos itens de supermercado
     Como fui todos os dias ao supermercado, consegui analisar bem os preços e tive uma sensação linda de comprar tudo o que eu queria sem sentir que eu estava sendo roubada {e na verdade eu não estava mesmo!}.
   Uma das minhas maiores surpresas foi o Demaquilante da Nivea que trouxe de lá. Comprei pelo equivalente a R$13, dez reais a menos do que o preço cobrado por esse mesmo produto aqui no Brasil. Não fiquei analisando tudo, mas pelo que vi, sinto vontade de chorar com o valor que pagamos em tudo aqui no Brasil. É uma triste realidade.

5- As crianças em locais públicos
As crianças ficam amarradas aos pais através daquelas mochilas coleiras quando vão aos locais públicos, como o parque ou zoológico, por exemplo, e isso me pareceu algo muito comum por lá, sendo inclusive muito vendidas essas tiras lá dentro do parque mesmo.
    Há quem fique horrorizado com a ideia de colocar algo como uma coleira em uma criança, mas acho que horrível mesmo seria perder um filho no meio de uma multidão. Não tenho filhos, ok, porém sei o quanto é difícil passear com crianças pequenas em lugares lotados assim, como um parque ou zoo simplesmente porque as crianças não querer andar de mãos dadas. Sei também que é no milésimo de segundo que você pisca que a criança some do seu campo de visão, por isso penso em quantas crianças ainda estariam com seus pais se estivessem utilizando esse aparato esquisito. Quanto desespero poderia ser evitado. Neurótica como sou, acho que usaria sim porque por mais que você fale, explique e repita, as crianças não tem noção de perigo!

6- Brasileiros são bem-vindos
    Logo quando cheguei no hotel, sem saber falar espanhol e falando um inglês mais ou menos, o gerente perguntou de onde eu era: Brasil, falei, e logo ele abriu um sorriso.
    Eu um outro momento, quando comprava o ticket para o trem ligeiro, um senhor que me ajudou com a maquininha do ticket também perguntou e abriu um sorriso simpático quanto soube que eu era brasileira.
    O que eu já tinha lido sobre os brasileiros serem bem recebidos pelo mundo está começando a parecer verdade. As pessoas tem uma simpatia natural por brasileiros. Quando eu andava pelas ruas do México sempre recebia muitos olhares fixos e curiosos dos nativos, como se estivesse escrito "Made in Brazil" na minha testa hahaha Na verdade fui percebendo que meu tipo físico era bem diferente das mexicanas, que possuem traços meio indígenas: pele morena e cabelo escuro e liso. Eu estava destoado da multidão.

7- Novelas mexicanas não representam a população
   Assim como no Brasil, as novelas mexicanas não representam a população. Explico. Aqui no Brasil, a maior parte da população tem a pele negra ou morena, e o que vemos nas novelas? A maioria dos atores brancos. Acho que isso está mudando, mas existe.
    Nas novelas mexicanas também vemos a maioria dos atores brancos, mas o que vi nas ruas foi uma população que em sua maioria esmagadora tinha traços indígenas bem fortes.

8 - As pessoas Fumam em lugares fechados
    Foi bem chocante chegar na recepção do hotel e ver três pessoas fumando dentro da mesma sala. Confesso que fiquei com aquela sensação de "eles não podem fazer isso", afinal de contas, aqui no Brasil é proibido fumar em locais fechados. É algo comum por lá, mas que causa esse "choque" nos brasileiros.

     Bom, eu amei tudo isso que eu vivi no México. É um dois lugares que eu recomendo no mundo.Vá. Conheça. Divirta-se! O México é lindo, apimentado e muito colorido.

2 comentários:

  1. Que demais! Tenho muita vontade de conhecer o México (depois desse post ainda mais), mas essa coisa da pimenta me assusta haha.
    Realmente novelas não representam.
    Faça mais viagens porque essas postagens foram ótimas.

    Beijos

    Ana - http://goo.gl/543XMQ

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!
    Você vai gostar muito do México. É sempre incrível mergulhar em outra cultura.
    A pimenta realmente é um tempero comum por lá e se você leu outros posts viu que eu encontrei até pipoca de microondas com esse sabor haha Como eu nunca uso pimenta nas minhas comidinhas aqui, foi um choque pra mim.
    bjos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...