sábado, 24 de outubro de 2015

O dia do Dentista e o meu {ex} Medo

      Quem tem medo de dentista?
      Começo o post com essa pergunta pois por muitos anos minha resposta seria SIM. Hoje a resposta já mudou...
      Há alguns anos conheci a minha dentista, que é sim a melhor do universo e após muitas conversas e muitas idas ao seu consultório, o medo que eu sentia foi se desfazendo. Para ajudar a superar qualquer medo eu acredito que a primeira coisa a ser feita é conhecer o assunto. Um dia antes de alguma consulta eu fui para o Google pesquisar algo que pudesse me ajudar a superar esse medo tão grande e foi aí que conheci o site "Medo de Dentista", que é escrito pela dentista Ana Paula Tokunaga. Acho que em algumas horas devo ter lido quase o blog todo, que é muito bom, com textos muito interessantes e esclarecedores.
      O post que eu recomendo para todos é o 100 motivos para não ter medo de dentista. Foi o texto mais bacana que eu li e me ajudou muito mesmo. Além do texto, recomendo também a leitura dos comentários, pois neles muitas dúvidas são respondidas pela dentista {muitas mesmo}. Outro site que conheci nesse período foi o Odontodivas, e através dele cheguei à fanpage da OdontoDiva da Depressão, uma página que mistura odontologia e humor {Sem esquecer o Blush}. Virei fã da Juliana Lemes e descobri que ela é de Resende/RJ, uma cidade próxima à minha terrinha Barra do Piraí!
     Bom, depois de muita leitura era a hora de praticar. Na hora marcada eu estava lá com medo, obvious! e começamos o tratamento. Como eu tinha um medo absurdo, alguns aspectos foram essenciais para que eu conseguisse superá-lo:
1 - A melhor dentista do universo: tá bom, talvez ela não seja a melhor do universo é sim, mas é a melhor no meu universo cheio de temores, e é isso que importa. Ela me passa muita segurança e tranquilidade, e você precisa confiar no seu dentista de olhos fechados muitas vezes, de olhos fechados literalmente. Como ainda não confio muito nos outros dentistas {será que um dia isso vai acontecer? Assistam os próximos capítulos dessa novela}, percorro os 270 km que nos separam quando preciso de uma ajuda odontológica. Parece loucura, mas é a minha vida ou o meu medo...
2 - Feche os olhos: pra mim isso funcionou muito bem. Lá dentro do consultório da minha dentista tem uma TV posicionada bem diante do paciente, então, não por acaso, acaba sendo uma distração, mas em muitos momentos eu fiquei de olhos fechados pois "o que os olhos não veem o coração não sente", não é mesmo? Eu achava melhor nem ver todos aqueles instrumentos que despertam mais medo na gente.
3 - Atendimento rápido: lembro que a dentista da minha infância sempre colocava todos os instrumentos naquela bandeja depois que eu já tinha me sentado, e fazia isso tirando um por um em câmera lenta. Aquilo era uma tortura, os cinco minutos de ansiedade mais eternos do mundo. Minha dentista atual conta com o apoio da auxiliar para deixar tudo prontinho e pular essa fase torturante. Além disso, não fica demorando pra começar a fazer o que tem que ser feito, só o tempo de ouvir minhas queixas ou não. E o tempo de atendimento também não é muito longo e quando me dou conta, já posso ir embora e voltar na semana que vem. Não ficar uma hora lá dentro também ajuda a diminuir o medo...
4- Frequência: a época em que comecei a perder o medo absurdo que sentia foi justamente a época em que fiz um tratamento mais longo, em doses homeopáticas. Eu ia lá uma vez por semana, durante uns três meses e a cada dia ela fazia um pouquinho, então era bem rápido. Ir lá e saber que seria rapidinho também foi muito bom e aos poucos isso fazendo com que eu me sentisse mais segura. 
      Hoje vou de seis em seis meses ou até menos, para ver se está tudo certo e não deixar essa coragem morrer dentro de mim. Foi muito difícil superar o medo, muitas vezes eu liguei pra desmarcar a consulta, pensei em sair correndo da sala de espera só que, pesquisando, buscando conhecer o assunto e tendo uma dentista de confiança, consegui vencer tudo isso. Leva algum tempo, mas acontece.
      Amanhã é comemorado o dia Nacional do Dentista e quero desejar muito sucesso e felicidades sem fim para essas dentistas incríveis:
* Julianne, a minha dentista preferida no universo, compreensiva e com muita paciência pra aguentar meu mimimi {porque eu sei que precisa ter paciência para lidar com os temores alheios}.

* Ana Tokus pelo excelente trabalho de "conversar" e ajudar tantas pessoas com medo através do seu site maravilhoso. Tudo que eu li no "Medo de Dentista" foi muito válido pra mim e acredito que pra todos os outros leitores também.
* Juliana Lemes, a Odonto Diva Deprê, que eu sigo, curto demais e virei fã. #PassaBlushNessaCara
      Hoje o  meu objetivo aqui foi conversar sobre o  Medo de Dentista e contar um pouquinho das minhas experiências e de como construí essa coragem que hoje eu tenho para enfrentar aquela cadeira onde ninguém gosta de estar. Não é fácil superar esse medo louco e irracional, mas também Não é impossível!
Procure um dentista que te passe essa segurança. conte seus medos e confie!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...