quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Comidas Apimentadamente Mexicanas - México

      Bom, para falar de comida preciso primeiro falar de saúde.
    Fui viajar SEM o seguro viagem, ou seja, preocupada em não passar mal por lá, pois se isso acontecesse teria que arcar com todos os custos. Tive problemas com a agência onde comprei as passagens e isso consumiu completamente todos os meus últimos dias antes da viagem e acabei não fazendo o seguro, mas meu conselho é que todos façam, pois pelo menos vão viajar mais tranquilos.
     Sobre esse problema com a agência eu vou contar num outro post em um outro momento, pois o assunto é longo, chata e traumático, então quero alertá-los sobre isso também, pois faz parte do planejamento de uma viagem.
O que eu comi por lá? Vou contar tudo!
      Comida do avião: mais gostosa do que eu imaginava {ou eu é que estava morrendo com fome mesmo}. Esse molho parece ruim, mas estava bom!
         O café da manhã já estava incluso nas diárias, algo que é comum no Brasil, mas não é muito comum no resto do mundo não... tinha a opção de um café mexicano e americano. Pedi o americano e tinha: café preto ou café com leite, pão de forma torrado, manteiga, geleia, frutas, granola, ovos mexidos. A opção mexicana tinha algo que parecia feijão com tortillas, ovos com presunto e algo mais que eu não me lembro.

     No primeiro dia foi muito difícil pedir o café da manhã. A moça tentou me ajudar em inglês, só que ouvir mexicanos falando inglês realmente era algo meio impossível de entender. Então ela foi me mostrando as coisas e eu fui escolhendo... nos outros dias foi mais fácil, né?
    Durante o dia nós fomos à restaurante e pedimos de acordo com as fotos do cardápio, já que dificilmente tinha algo escrito em inglês. {mimimi}
     Um dia fomos ao Starbucks e pedi um lanche e, não sei porque eu fiquei surpresa, mas tinha pimenta! hahaha
     Compramos muitos lanches também no supermercado, que era o jeito mais fácil de comprar qualquer coisa, já que você não precisa interagir com os nativos na escolha dos produtos, apenas no caixa para pagar. Nessa hora eu só apresentava o cartão e depois colocava a senha, sem conversar.
    A única vez que comi algo em barraquinhas na rua foi durante o passeio no parque em Chapultepec. Comprei um algodão doce, que não sei explicar direito, mas parece ser feito com um açúcar mais fino do que o utilizado no Brasil, porém possui milhões de vezes mais corante que os algodões brasileiros.
      Além disso, comprei um sorvete que, diga-se de passagem, estava horrível. Aguado, sei lá. Talvez seja o sorvete estilo mexicano, né? Só sei que foram só essas duas coisas eu comprei na rua.
    Lá, em todo lugar pra onde você vá tem um vendedor de comida de qualquer tipo {tortillas, quesadillas, milho verde, sanduíches com carnes, etc} com uma barraquinha na rua e a aparência deixa qualquer brasileiro assustado. Parece que não existe vigilância sanitária por lá e as pessoas realmente parecem não se importar em comer naqueles lugares sujos e até com mal cheiro muita das vezes.
     Nos restaurantes eles sempre trazem um cesto com pães, nachos e um pote bem pequeno com um molho e, acredite: não importa qual é a cor, aquilo sempre será pimenta! A ideia que eu tinha era de um México bem apimentado, mas eu não imaginava que seria tanto assim. Tive alguns sustos, mas sobrevivi haha
    Eu até experimentei, mas é muito forte. O incrível é que eles comem isso com a maior naturalidade do universo... hábitos!
      Os nachos tem um gosto suave de milho e mais nada. São completamente sem sal, sem tempero. O que faz com que ele seja o acompanhamento perfeito para os molhos de pimenta.
     Um dia eu experimentei algo, achei que era pimentão refogado que veio num potinho separado {sabe de nada, inocente!} e era pimenta verde. Esse dia foi o maior susto de todos. Eu dei uma mordida suave e cuspi o pedaço a tempo: minha boca ficou até dormente de tão forte que era a malvada. Depois eu ri de mim...
    Comi a famosa guacamole e também tem pimenta. Aliás, não sei o que não tem pimenta naquele lugar haha Eu tinha comida guacamole pela primeira vez no fim de semana anterior, no aniversário de uma amiga, e amei amei. Daí fui experimentar a guacamole mexicana e odiei odiei. Além da pimenta, eles colocam coentro {o temperinho mais nauseante da minha vida}.
    No mercado encontrei muitos salgadinhos {tipo Cheetos} com sabor pimenta. Vi até pipoca de microondas sabor Inferno ultra picante {medo do nível de ardência dessa pipoca}.
     Uma coisa curiosa que nunca vi no Brasil são as bananas chips: é tipo batata c
hips, só que é feito com banana. Conheci essa iguaria ainda no avião quando os comissários começaram a distribuir um lanchinho que eu, iludidamente, pensei que fossem batatas. Depois do susto veio a curiosidade e, para minha surpresa, as bananas chips eram gostosas e salgadinhas.
Bom, o México é uma aventura gastronômica para qualquer um. Existem comidinhas deliciosas, outras curiosas e outras nojentas, mas vale a pena provar de tudo.

3 comentários:

  1. Algumas comidas parecem ser bem boas!! hahaha

    www.sonhodemargarida.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parecem boa e são, Julia! É muito bom experimentar comidas típicas de outro país. Se você não gostar muito, pelo menos se diverte e conhece novos sabores! haha
      Você já está participando do sorteio?
      Volte sempre aqui no Sonhando com Mapas.
      bjs

      Excluir
  2. Algumas comidas parecem ser bem boas!! hahaha

    www.sonhodemargarida.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...