sábado, 1 de agosto de 2015

Morando Sozinha #2: O Lado Ruim

     Pensando bem, morar sozinha me fez aprender algumas coisas que a gente só aprende nos momentos de necessidade mesmo, naquele momento em que não tem ninguém pra te socorrer e é você mesmo que precisa resolver o que há pra ser resolvido.
     Vou listar algumas das piores coisas quando se mora só:
1) Recebimento de mercadorias e correspondências especiais
     Parece bobagem, mas um dos meus maiores problemas é justamente esse: eu quero comprar algumas coisas {tudo} pela internet, mas não terei ninguém para receber. Geralmente tenho enviado minhas compras para o endereço do Rio, onde tem gente pra receber e quando vou pra lá, trago o que chegou. Isso não é nada prático, mas mandar para o endereço do trabalho não é uma opção.
Já tive experiência de comprar umas tags de festa e, como veio por carta registrada {que alguém precisa assinar para receber}, após três tentativas de entrega frustradas, tive que buscar no centro de distribuição do correios {ainda tive que descobrir onde era, cheguei lá fora do horário de atendimento, etc}.

2) Ninguém pra dividir as tarefas
     Então, a louça será sempre sua! Pra mim isso não é necessariamente um problema, já que vou me organizando para não acumular tarefas e nem louças, mas não tem jeito: se você não pagar uma diarista pra fazer a faxina, você terá que fazer isso. E essas tarefas de casa incluem: lavar a louça, a roupa, o banheiro, faxinar, por o lixo pra fora, fazer as compras, pagar as contas...tarefas que muitas vezes as pessoas desconhecem até se virem diante delas haha

3) Não terá ninguém pra fechar a janela ou pegar a roupa do varal quando você não está em casa e começa aquela tempestade de verão. E no dia que você esquecer a janela aberta, é o dia que vai chover {lei de Murphy}.

4) Não terá ninguém para trocar a lâmpada queimada e outros pequenos reparos. Na verdade você pode ter um amigo que faça o serviço, ou pagar um profissional, mas dependendo do caso, você pode se aventurar e tentar {Crianças, não façam isso!}. Eu aprendi a trocar o botão de acionamento da descarga, desmontei/ montei a cabeceira da cama para trocá-la de quarto, já auxiliei um amigo a montar um armário de microondas e a trocar a torneira da pia... são problemas que surgem e precisam de uma solução e se você não resolver, o problema ficará lá parado te olhando.

5) Você precisa comprar eletrodomésticos.
     O problema começa quando você precisa escolher os eletrodomésticos e não tem ideia do que seja mais importante avaliar em cada aparelho, daí ou você vai partir para uma pesquisa incansável ou vai escolher qualquer um. Eu optei pela primeira opção e só digo uma cosa: dá trabalho. Procurei saber das marcas e modelos, mas a potência é que eu considero um dos aspectos mais importantes, só que isso vai de cada um. Vivia nos sites analisando os comentários das pessoas que compraram e be baseava nesse conjunto de informações para fazer minhas escolhas.
     É uma tarefa cansativa, porém necessária.
    Bom, por hoje vou parar por aqui. Acho que esses são os "piores momentos" de morar sozinha, pelo menos pra mim.
    O que você achou? Garanto que estava pensando que morar sozinha era um mar de rosas, né?

Continua...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...